InícioBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Casa dos Pais Grant

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, ... 11, 12, 13  Seguinte
AutorMensagem
Keith Grant
Rebeldes
Rebeldes
avatar

Mensagens : 5856
Data de inscrição : 25/04/2012
Idade : 24

Ficha do personagem
Idade da personagem: Dezanove
Estado Cívil: Comprometido

MensagemAssunto: Re: Casa dos Pais Grant    Ter 14 Ago 2012 - 23:33

Relembrando a primeira mensagem :

Enterrei a minha cabeça no pescoço dela assentindo.
-Obrigado - murmurei deixando-me ficar abraçado a ela até ouvir Chris a chorar de uma forma birrenta. Afastei-me olhando-o e fui-me sentar à frente dele e agarrei-o sentando-o ao meu colo. - que é que se passa? - perguntei vendo-o a chorar baba e ranho e ele começou a falar à bebé. - Tem calma bebé - pedi embalando-o e acalmando-o.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário

AutorMensagem
Lucy Adams
Tímidos
Tímidos
avatar

Mensagens : 4838
Data de inscrição : 20/02/2012
Idade : 23

Ficha do personagem
Idade da personagem: 17
Estado Cívil: Comprometido

MensagemAssunto: Re: Casa dos Pais Grant    Qua 15 Ago 2012 - 21:48

O medico seguiu Keith, orientando.o até ao quarto certo, onde lucy estava toda entubada e ligada para ser monotorizada de todas as maneiras possiveis - eu vou.lhe dar um tempo - disse, sabendo que nao o ia ouvir, como nao tinha ouvido nada e saiu, deixando aquele casal a sos
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Keith Grant
Rebeldes
Rebeldes
avatar

Mensagens : 5856
Data de inscrição : 25/04/2012
Idade : 24

Ficha do personagem
Idade da personagem: Dezanove
Estado Cívil: Comprometido

MensagemAssunto: Re: Casa dos Pais Grant    Qua 15 Ago 2012 - 22:00

Assim que a vi aproximei-me dela levando a minha mão à zona da barriga onde ainda tinha a minha ferida, que me decidiu doer. Passei uma mão por todo o seu braço e quando cheguei à mão apertei-a levemente. - Vais acordar não vais? - perguntei-lhe baixinho.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lucy Adams
Tímidos
Tímidos
avatar

Mensagens : 4838
Data de inscrição : 20/02/2012
Idade : 23

Ficha do personagem
Idade da personagem: 17
Estado Cívil: Comprometido

MensagemAssunto: Re: Casa dos Pais Grant    Qua 15 Ago 2012 - 22:11

LUCY ON

Conseguia perceber mais ou menos o que ia a minha volta, acho eu. Não sentia nada no meu corpo, era como se fosse uma pena leve e flutuasse pelo ar mas conseguia sentir uma especie de formigueiro no meu peito e voltei ao meu corpo. queria gritar de dor, contorcer.me e pedir que parassem. queria o keith, queria os seus beijos e o seu toque. quando pensei nesse desejo senti aquele toque quente percorrer uma parte minha. keith, amor. queria falar, mexer.me, abraça.lo, beija.lo. tentei lutar na escuridao para achar uma parte do meu corpo e a poder mexer
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Keith Grant
Rebeldes
Rebeldes
avatar

Mensagens : 5856
Data de inscrição : 25/04/2012
Idade : 24

Ficha do personagem
Idade da personagem: Dezanove
Estado Cívil: Comprometido

MensagemAssunto: Re: Casa dos Pais Grant    Qua 15 Ago 2012 - 22:15

Atirei as minhas sapatilhas para o caralhinho mais velho e deitei-me na cama, ela tinha espaço, não a ia magoar nem asfixar. Encostei acabeça ao corpo dela rodeando com um braço as suas pernas e beijei a sua cintura. - Acorda por favor - pedi de olhos fechados.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lucy Adams
Tímidos
Tímidos
avatar

Mensagens : 4838
Data de inscrição : 20/02/2012
Idade : 23

Ficha do personagem
Idade da personagem: 17
Estado Cívil: Comprometido

MensagemAssunto: Re: Casa dos Pais Grant    Qua 15 Ago 2012 - 22:24

- KEITH EU QUERO ACORDAR - gritei na minha mente. eu conseguia ouvi.lo o que era ainda mais tortuoso. - amor eu estou aqui e consigo ouvir.te mas nao consigo mexer.me - comecei a chorar na minha mente, talvez uma lagrima fosse derramada e assim ele me visse
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Keith Grant
Rebeldes
Rebeldes
avatar

Mensagens : 5856
Data de inscrição : 25/04/2012
Idade : 24

Ficha do personagem
Idade da personagem: Dezanove
Estado Cívil: Comprometido

MensagemAssunto: Re: Casa dos Pais Grant    Qua 15 Ago 2012 - 22:42

Apertei as suas pernas contra mim e respirei fundo tentando acalmar-me. Levantei a cabeça aproximando-me dela e limpei-lhe uma lágrima que caía pelo rosto dela e tentei controlar-me. A minha cabeça já estava a latejar, encostei a mesma ao ombro saudavel e acariciei-lhe a bochecha. - amo-te - murmurei - e não vou sair daqui está bem?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lucy Adams
Tímidos
Tímidos
avatar

Mensagens : 4838
Data de inscrição : 20/02/2012
Idade : 23

Ficha do personagem
Idade da personagem: 17
Estado Cívil: Comprometido

MensagemAssunto: Re: Casa dos Pais Grant    Qua 15 Ago 2012 - 22:51

- fica amor, eu vou lutar para acordar. - tentei lutar contra a escuridao, fazer tudo o que era possivel e imaginavel mas isso estava.me a cansar, mal tinha forças para pensar e para me concentrar na sua voz, ia.me apagar novamente mas eu nao podia. ele... ele estava ali


Última edição por Lucy Adams em Qua 15 Ago 2012 - 23:36, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Keith Grant
Rebeldes
Rebeldes
avatar

Mensagens : 5856
Data de inscrição : 25/04/2012
Idade : 24

Ficha do personagem
Idade da personagem: Dezanove
Estado Cívil: Comprometido

MensagemAssunto: Re: Casa dos Pais Grant    Qua 15 Ago 2012 - 23:06

Beijei-lhe a testa e ouvi uma enfermeira e um médico a entrarem na sala mandando-me afastar. Fiz o que eles me pediram caindo no sofá a olha-los todos aterefados.
-Ela está fraca, é melhor sair - ouvi o médico quando ele veio ter comigo mas apenas o olhei sem me mexer um músculo. Ele ficou também uma eternidade a olhar-me até que suspirou e apontou para mim - fique aí.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lucy Adams
Tímidos
Tímidos
avatar

Mensagens : 4838
Data de inscrição : 20/02/2012
Idade : 23

Ficha do personagem
Idade da personagem: 17
Estado Cívil: Comprometido

MensagemAssunto: Re: Casa dos Pais Grant    Qua 15 Ago 2012 - 23:09

deixei de senti.lo e ouvi.lo e o meu coraçao disparou. Nao, nao..onde e que ele tinha ido ? Onde e que ele tava ? Na minha cabeça comecei a hiperventilar e a sentir.me cada vez mais fraca, se ele nao tava pelo que e que eu lutava ? Eu precisava do meu porto seguro, da minha força, eu precisava dele
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Keith Grant
Rebeldes
Rebeldes
avatar

Mensagens : 5856
Data de inscrição : 25/04/2012
Idade : 24

Ficha do personagem
Idade da personagem: Dezanove
Estado Cívil: Comprometido

MensagemAssunto: Re: Casa dos Pais Grant    Qua 15 Ago 2012 - 23:27

Olhei-os quando sairam e voltei a levantar-me e a ir sentar-me ao lado dela, passando a ponta dos dedos pelos seus braços e entrelaçando os nossos dedos.
-O Chris está à espera, disseste que ias tratar de tudo - suspirei.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lucy Adams
Tímidos
Tímidos
avatar

Mensagens : 4838
Data de inscrição : 20/02/2012
Idade : 23

Ficha do personagem
Idade da personagem: 17
Estado Cívil: Comprometido

MensagemAssunto: Re: Casa dos Pais Grant    Qua 15 Ago 2012 - 23:32

- eu vou tratar amor, eu vou tratar dele e de ti - soluçava e hiperventilava. Nao sabia se era so na minha mente ou se estava mesmo a acontecer. Eu nao podia desiludir o keith, nem ele nem eu podiamos perder o chris, o nosso bebe, o nosso pequeno tesouro. Encolhi.me na minha mente - eu amo.te keith
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Keith Grant
Rebeldes
Rebeldes
avatar

Mensagens : 5856
Data de inscrição : 25/04/2012
Idade : 24

Ficha do personagem
Idade da personagem: Dezanove
Estado Cívil: Comprometido

MensagemAssunto: Re: Casa dos Pais Grant    Qua 15 Ago 2012 - 23:52

Passei as mãos pelos olhos e pelas bochechas e olhei para a janela, já era de noite e agora só havia as luzes irritantes do quarto a ilumina-la. Liguei para casa para saber se Chris estava bem e pedi para cuidarem dele só até amanhã e Trace disse que o fazia. Deitei a minha cabeça nas suas pernas um bocadinho cansado e fechei os olhos ouvindo o bater do seu coração.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lucy Adams
Tímidos
Tímidos
avatar

Mensagens : 4838
Data de inscrição : 20/02/2012
Idade : 23

Ficha do personagem
Idade da personagem: 17
Estado Cívil: Comprometido

MensagemAssunto: Re: Casa dos Pais Grant    Qua 15 Ago 2012 - 23:59

continuei a lutar com o maximo de forças que conseguia, nao desistindo. sentia.me fraça mas eu tinha de conseguir dar.lhe um sinal, eu sabia o quanto custava estar no lugar dele. ouvi.o falar ao telefone e mantive.me atenta ao que dizia, lutando ainda mais quando percebi que falava de chris - eu amo.vos aos dois, por favor entende que eu te oiço - disse ja exausta e tentei continuar a lutar e a barafustar para mexer nem que fosse a unha do pe masa um momento as forças sucumbiram e eu voltei a cair na escuridao
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Keith Grant
Rebeldes
Rebeldes
avatar

Mensagens : 5856
Data de inscrição : 25/04/2012
Idade : 24

Ficha do personagem
Idade da personagem: Dezanove
Estado Cívil: Comprometido

MensagemAssunto: Re: Casa dos Pais Grant    Qui 16 Ago 2012 - 0:08

Ouvi demasiados apitos, e quando olhei demasiados picos baixos e altos. Afastei-me agarrando-me ao sofá para não cair e voltei a entrar em pânico, mas desta vez não no ataque. Fiquei de olhos arregalados a olhar para os médicos e para o que eles fazia e senti uma mão no meu ombro vendo o meu pai.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lucy Adams
Tímidos
Tímidos
avatar

Mensagens : 4838
Data de inscrição : 20/02/2012
Idade : 23

Ficha do personagem
Idade da personagem: 17
Estado Cívil: Comprometido

MensagemAssunto: Re: Casa dos Pais Grant    Qui 16 Ago 2012 - 0:34

LUCY OFF

O estado da paciente era algo confundivel para os medicos, tanto estava estavel como de um momento para o outro o seu batimento cardiaco estava desregulado, apresentando picos muitos altos e baixos repentinamente.
- o melhor é o rapaz sair do quarto - disse o medico - e o senhor também, ela esta numa fase fulcral da recuperaça e precisa de estar num ambiente calmo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Keith Grant
Rebeldes
Rebeldes
avatar

Mensagens : 5856
Data de inscrição : 25/04/2012
Idade : 24

Ficha do personagem
Idade da personagem: Dezanove
Estado Cívil: Comprometido

MensagemAssunto: Re: Casa dos Pais Grant    Qui 16 Ago 2012 - 0:40

O meu pai agarrou-me no braço tentando arrastar-me do quarto mas eu abanei a cabeça.
-Ela precisa de mim - disse largando-me e dando-lhe um murro. Arregalei os meus olhos e vi um médico vir na minha direcção fazendo-me afastar. - eu só preciso de estar ao pé dela, ela vai ficar boa assim.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lucy Adams
Tímidos
Tímidos
avatar

Mensagens : 4838
Data de inscrição : 20/02/2012
Idade : 23

Ficha do personagem
Idade da personagem: 17
Estado Cívil: Comprometido

MensagemAssunto: Re: Casa dos Pais Grant    Qui 16 Ago 2012 - 0:43

o medico segurou o rapaz, afastando.o - sabe que nao pode fazer nada, como é que a sua presença vai ajudar ? ela precisa de repouso e voce esta muito nervoso, nao a vai ajudar nesse estado - explicou. - saia, va apanhar ar, va comer algo e depois volte quando tiver mais calmo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Keith Grant
Rebeldes
Rebeldes
avatar

Mensagens : 5856
Data de inscrição : 25/04/2012
Idade : 24

Ficha do personagem
Idade da personagem: Dezanove
Estado Cívil: Comprometido

MensagemAssunto: Re: Casa dos Pais Grant    Qui 16 Ago 2012 - 0:46

-Não - disse ao médico olhando-o - se eu não posso faça você alguma coisa - afastei-o indo sentar-me no sofá e agarrei numa manta cobrindo-me. O meu pai veio para trás do sofá com um suspiro e tentou falar-me, mas eu não ouvi.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lucy Adams
Tímidos
Tímidos
avatar

Mensagens : 4838
Data de inscrição : 20/02/2012
Idade : 23

Ficha do personagem
Idade da personagem: 17
Estado Cívil: Comprometido

MensagemAssunto: Re: Casa dos Pais Grant    Qui 16 Ago 2012 - 0:51

o medico suspirou e voltou para junto da paciente mas ali nao havia muito que lhe pudesse fazer, agora tinham de esperar que os medicamentos fizessem efeito e a paciente reagisse bem a eles - mantenha.se calmo, isso ajuda.a - aconselhou, saindo do quarto pela terceira vez
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Keith Grant
Rebeldes
Rebeldes
avatar

Mensagens : 5856
Data de inscrição : 25/04/2012
Idade : 24

Ficha do personagem
Idade da personagem: Dezanove
Estado Cívil: Comprometido

MensagemAssunto: Re: Casa dos Pais Grant    Qui 16 Ago 2012 - 0:55

- Como se isso fosse possivel - disse com os olhos vidrados nela quando ele saiu. - Sai - pedi ao meu pai. - Por favor pai. Estás a irritar-me. Desculpa - pedi olhando-o - Desculpa, mas sai - voltei a pedir e ele passou a mão pela minha bochecha mas saiu.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lucy Adams
Tímidos
Tímidos
avatar

Mensagens : 4838
Data de inscrição : 20/02/2012
Idade : 23

Ficha do personagem
Idade da personagem: 17
Estado Cívil: Comprometido

MensagemAssunto: Re: Casa dos Pais Grant    Qui 16 Ago 2012 - 1:01

LUCY ON

eu quero acordar, eu quero ve.lo, eu preciso de ve.lo. já nao o ouvia nem o sentia a muito tempo, parecia uma eternidade. amor, onde andas tu ? eu nao consigo fazer isto sem ti. suspirei e tentei lutar contra a escuridao e esta parecia mais leve, fui tentando e tentando, e já conseguia ouvir o barulho irritante daquela maquina que dava os meus batimentos cardiados. continuei a tentar, se ja conseguia ouvir, ia tentar mexer algo, fui lutando, procurando forças em tudo o que conseguia e sentindo.me a levantar uma tonelada para mexer algo que eu nao sei bem o que foi mas pelo menos pensava que tinha conseguido mexer.me
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Keith Grant
Rebeldes
Rebeldes
avatar

Mensagens : 5856
Data de inscrição : 25/04/2012
Idade : 24

Ficha do personagem
Idade da personagem: Dezanove
Estado Cívil: Comprometido

MensagemAssunto: Re: Casa dos Pais Grant    Qui 16 Ago 2012 - 1:06

Olhei para a máquina quando mais uma vez ela começou a apitar muito levantei-me de repente quando ela mexeu uma mão e quase caí para cima da cama, mas não aconteceu. Apertei-lhe a mão beijando-a. - Sim, faz isso, mexe-te - pedi.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lucy Adams
Tímidos
Tímidos
avatar

Mensagens : 4838
Data de inscrição : 20/02/2012
Idade : 23

Ficha do personagem
Idade da personagem: 17
Estado Cívil: Comprometido

MensagemAssunto: Re: Casa dos Pais Grant    Qui 16 Ago 2012 - 1:09

finalmente ouvi a sua voz e era como se aquilo fosse a cura para mim, a sua voz, o seu toque. tentei fazer o que ele pediu, lutando contra aquela tonelada que provavelmente em condiçoes normais mexeria com a maior facilidade. tentei concentrar.me onde sentia o seu toque e apliquei toda a minha força ai para apertar ou mexer ou algo que desse um sinal que o ouvia
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Keith Grant
Rebeldes
Rebeldes
avatar

Mensagens : 5856
Data de inscrição : 25/04/2012
Idade : 24

Ficha do personagem
Idade da personagem: Dezanove
Estado Cívil: Comprometido

MensagemAssunto: Re: Casa dos Pais Grant    Qui 16 Ago 2012 - 1:16

Sorri levemente quando senti a minha mão ser apertada e beijei a mesma. Deitei novamente a cabeça nas suas pernas.
-Não precisas de acordar se não conseguires fazê-lo agora - disse olhando-a - fazes quando estiveres preparada - beijei-lhe novamente a mão e encostei-a à minha bochecha - eu fico à espera.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lucy Adams
Tímidos
Tímidos
avatar

Mensagens : 4838
Data de inscrição : 20/02/2012
Idade : 23

Ficha do personagem
Idade da personagem: 17
Estado Cívil: Comprometido

MensagemAssunto: Re: Casa dos Pais Grant    Qui 16 Ago 2012 - 1:20

respirei fundo, parecia que tinha corrido a maratona, estava exausta. sorri com as suas palavras e mantive.me concentrada para me manter a fazer o que tinha feito e ele tinha percebido que o ouvia. por agora ia recuperar energias, podia se que melhorasse e ai ja conseguisse controlar alho mais e acordar. fechei os olhos e desta vez apenas adormeci, nada mais do que um profundo sono
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Casa dos Pais Grant    

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Casa dos Pais Grant
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 13Ir à página : Anterior  1, 2, 3, ... 11, 12, 13  Seguinte
 Tópicos similares
-
» [Internacional] Casa de John Travolta tem Boeing e jatinho na garagem
» Faça uma casa do seu Boeing 737
» Arquiteto constrói casa nos EUA com peças de um Boeing 747
» Com a cabeça nas nuvens: homem monta casa dentro de carcaça de avião nos EUA
» [Brasil] Homenagem de Dia dos Pais surpreende os passageiros de voo da GOL

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
San Francisco College :: Keith's house-
Ir para: